Dana White admite erro e dá bônus de US$ 50 mil – em espécie – a Deiveson Figueiredo

Campeão dos pesos-moscas recebeu quantia numa sacola de papel do UFC, quatro dias após vitória sobre Alex Perez. Ele tem nova defesa do cinturão marcada para 12 de dezembro

0

Os fãs estranharam quando Deiveson Figueiredo não foi selecionado como um dos receptores do bônus de Performance da Noite do UFC 255, no último sábado, após finalizar Alex Perez no primeiro round em sua primeira defesa de cinturão. O presidente Dana White reconheceu que cometeu um erro e, nesta quarta-feira, o corrigiu: recebeu o lutador brasileiro no escritório do UFC em Las Vegas e entregou pessoalmente os US$ 50 mil (cerca de R$ 266 mil na cotação atual).

Folha Banner

Detalhe: Deiveson recebeu a quantia em espécie, numa sacola de papel com a marca do UFC. Normalmente, os atletas recebem o bônus em cheque.

Deiveson Figueiredo permaneceu em Las Vegas porque já tem novo compromisso no octógono marcado para 12 de dezembro: ele vai enfrentar o mexicano Brandon Moreno na luta principal do UFC 256. É o tempo mais curto entre duas defesas de cinturão na história do Ultimate.