Com desfiles virtuais, DFB Live Moda aposta em novas formas de comunicar a moda

0

Reflexo mutável do que somos e dos tempos em que vivemos, a moda tem como caráter essencial sua capacidade de adaptação e transformação. Em plena pandemia, essa ajustabilidade é presente – e necessária – mais uma vez: nos modos de produzir, de consumir e de comunicar. Ao redor do mundo, eventos e semanas de moda migraram para o ambiente virtual como uma forma de não parar, mesmo que em ritmo diferente. Mas como, por exemplo, levar a experiência física e sensível de um desfile presencial para o formato digital?

O DFB Digifest 2020, versão online do festival, realiza 14 desfiles virtuais transmitidos no canal do evento no Youtube. O DFB LiveModa ocorre entre os dias 28 e 31 de julho e conta com marcas e criadores que, já confirmados para a edição física, também tiveram que se renovar para o momento. O propósito de aproximar ao máximo a experiência digital de um desfile real, físico e ao vivo, é desafiador. As coleções criadas desfilaram em uma passarela sem público, com gravações que duraram dois dias e seguiram cuidados e protocolos de segurança necessários.

De acordo com Cláudio Silveira, diretor geral do DFB, a experiência do digital foi trabalhosa, porém, recompensadora. “Se antes uma sala de desfile recebia cerca de mil pessoas, agora uma live tem mais de 18 mil visualizações. Eu acho que, a partir disso, abrimos um novo normal de desfile, com novas possibilidades”, afirma.

⠀Confira a reportagem completa em diariodonordeste.verdesmares.com.br/verso (Diário do Nordeste/Fotos: Igor Cavalcante/Anie Barreto)