Europa confirma que brasileiros serão barrados em reabertura de fronteiras

0
Verificado
Folha Banner

A União Europeia (UE) confirmou, nesta terça-feira (30), que países como Brasil e Estados Unidos estão fora da lista das nações cujos cidadãos podem realizar visitas não essenciais ao bloco de países a partir de 1º de julho. O grupo de 27 países aprovou viagens de lazer ou negócios para 14 países: Argélia, Austrália, Canadá, Georgia, Japão, Montenegro, Marrocos, Nova Zelândia, Ruanda, Sérvia, Coreia do Sul, Tailândia, Tunísia e Uruguai.

A questão da China está em suspenso – as viagens só serão abertas caso as autoridades chinesas também permitirem visitantes da União Europeia. A reciprocidade foi um dos critérios para os países integrarem a lista.

Estados Unidos e Brasil, os dois países com maior número de casos e de mortes pelo novo coronavírus, foram excluídos, assim como Turquia, Rússia e Índia. EUA e Brasil têm, juntos, pouco mais de quatro milhões de casos confirmados e registraram cerca de 188 mil mortes, de acordo com um levantamento da Universidade Johns Hopkins. A decisão para novas reaberturas será revisada pelo conjunto de países europeus a cada 15 dias. (Diário do Nordeste/Foto: Camila Lima)