Família de adolescente que perdeu bebê no Santa Luísa contesta nota

0

A família da adolescente de 15 anos que perdeu o bebê no hospital Santa Luísa de Marillac na segunda-feira (18) contestou a nota divulgada ontem pelo hospital.

A nota emitida pelo hospital diz que o corpo do recém-nascido foi encaminhado para o Serviço de Verificação de Óbito, órgão que será responsável por determinar a causa da morte. No entanto, de acordo com a família da menor, a nota do hospital difere da verdade.

“A nota diz que meu sobrinho foi encaminhado para perícia, mais não foi isso que aconteceu. Eles entregaram o corpo do meu sobrinho naquela mesma noite para a família enterrar”, disse

Folha Banner

Segundo Elinete Monteiro, tia da adolescente que perdeu o bebê, o hospital informou que o enterro deveria ser feito o mais breve possível por causa do coronavírus. “Para não ter acumulo de gente, meu sobrinho foi internado naquela mesma noite e não houve autópsia”, disse.

Elinete disse ainda que todos sabem o motivo que levou à fatalidade acontecer. “Ele não teve o suporte que estava precisando para continuar com vida”, lembrou.

A tia da menor disse que entende a questão da indução ao parto normal, que é o mais saudável e a recuperação da mãe é mais rápida, mas nenhuma gestação é igual. “Sempre vai haver um caso ou outro mais complicado, e nesse caso (da sobrinha) eles não estavam preparados”.