Covid-19: prefeitura de Aracati proíbe aglomerações em espaços públicos, supermercados e farmácias

Multa diária pode chegar a R$ 50 mil no caso de descumprimento das medidas

0

A prefeitura de Aracati tomou mais uma medida extrema para tentar conter o avanço do Covid-19 no município. O prefeito Bismarck Maia publicou um novo decreto, neste domingo (22), em que toma novas medidas de emergências para o enfrentamento ao novo coronavírus.

Entre as medidas decretadas estão o controle de acesso aos supermercados, farmácias, drogarias e similares, limitando a uma pessoa por família fora do grupo de risco.

O decreto também limita a cinco metros quadrados por pessoa a distância entre as pessoas nos estabelecimentos.

Folha Banner

Por sua vez, os estabelecimentos ficam obrigados a adotar medidas que garantam a segurança das pessoas e o fornecimento de álcool em gel para a proteção dos clientes e funcionários dentro dos estabelecimentos.

O novo decreto também proíbe aglomerações de pessoas em qualquer serviço público e atividades essenciais, bem como em calçadas, ruas e praças ou qualquer órgão público.

Ao infrator que descumprir as medidas restritivas do decreto fica estipulado multa diária de até R$ 50 mil.