Servidores fazem protesto gigante e cobram respeito do prefeito Bismarck Maia

Prefeito faz apelo para que professores retornem às atividades na segunda-feira, dia 27

0

Uma multidão invadiu as ruas de Aracati neste sábado (25) para protestar contra diversas medidas administrativas feitas através em decretos pelo prefeito Bismarck Maia.

Puxados pela presidente do Sind-Aracati, Francisca Carvalho, com apitos e pedindo respeito ao prefeito, os servidores públicos municipais ganharam o apoio de centenas de pessoas descontentes também com o prefeito. Os manifestantes percorreu as principais do município, acompanhados por motociclistas, diversos veículos e populares que seguiam a pé.

Além dos servidores, população e vereadores da oposição, participou também do ato o deputado federal José Airton Cirilo. 

A semana foi marcada por diversos cancelamentos de reunião com a comissão grevista pelo prefeito. Na sessão da Câmara, no dia 22, um requerimento convocando a secretária de Planejamento, Ana Meire, para esclarecer sobre o situação financeira do município e o não reajuste até o momento dos servidores foi rejeitado pelos vereadores de situação. Os vereadores disseram que o prefeito queria negociar, e pediram cooperação dos grevistas.

Folha Banner

Porém, na quinta-feira, 23, o prefeito não participou da reunião com os servidores, que fazem 25 reivindicações ao gestor, entre elas o pagamento das diárias dos motoristas e o encaminhamento para a Câmara do reajuste dos servidores públicos.

Pelas redes sociais, o secretário da Casa Civil, Guilherme Bismarck disse que a manifestação nas ruas trata-se de ato político. “Ficou claro que é político. Não querem diálogo, querem desgastar. o povo tá vendo”, disse.

Também pelas redes sociais, o prefeito Bismarck Maia classificou o movimento como político, disse que tem investido na educação do município e que não aceitaria o que movimento prejudique os estudantes do município. Dirigindo-se especificamente aos professores, disse que já concedeu o reajuste e fez um apelo para voltem as aulas na segunda-feira: “voltem as aulas na segunda-feira! o prefeito nada mais pode fazer nesse setor que tem recebido os maiores investimentos, a minha maior atenção”, disse.

Foto: Luis Carlos Rodrigues