Índia prepara inauguração de estátua gigante em honra a Sardar Patel, seu ‘homem de ferro’

Monumento que tem seis vezes a altura do Cristo Redentor demorou cinco anos para ser erguido e custou R$ 1,5 bilhão.

0

A Índia deu por finalizada a construção de uma das maiores estátuas do mundo, de 182 metros de altura (portanto, seis vezes a altura do Cristo Redentor, no Rio), construída em honra ao seu “homem de ferro”, Sardar Patel, um dos pais da nação, e que será inaugurada oficialmente no dia 31 de outubro pelo primeiro-ministro, Narendra Modi.

A gigantesca figura do líder da independência, erguida perto do Rio Narmada no seu estado natal de Gujarat (oeste) e com um custo aproximado de 350 milhões de euros (cerca de R$ 1,5 bilhão), foi finalizada depois de cinco anos de obras, explicou à Efe o engenheiro chefe, P.C. Vyas.

“Só faltam alguns detalhes no interior da construção, em uma sala para visitantes construídas ao nível do peito de Sardar Patel que poderá acolher cerca de 200 pessoas”, explicou Vyas.

A escultura faraônica foi idealizada como um centro para os turistas com hotéis, museus e inclusive uma frota de embarcações que permitirão chegar à região, e nestes dias os milhares de operários se esforçam para dar os últimos detalhes ao complexo.

As milhares de peças de bronze que formam o exterior da estátua foram manufaturadas na China.

O líder também teve um papel-chave na integração dos mais de 500 estados independentes ao país, por isso a figura foi batizada como “estátua da unidade” por Modi.

O primeiro-ministro, que lançou a pedra fundamental do projeto em 2013 quando era governador de Gujarat, inaugurará oficialmente a estátua no dia 31 de outubro em um ato no qual espera-se que participem líderes estaduais do partido nacionalista hindu Bharatiya Janata Party (BJP).