Ex-gerente do Bradesco de Aracati é preso suspeito de desviar mais de R$ 1 milhão

0

A Polícia Civil de Aracati prendeu na manhã de desta sexta-feira (19), Francisco Barbosa Damasceno Júnior, 34 anos, acusado de desviar mais de R$ 1 milhão de contas dos clientes do Banco Bradesco, em Aracati.

De acordo com a polícia, o acusado é ex-funcionário do Banco Bradesco e, à época em que exercia a função de gerente de pessoas jurídicas, realizava movimentações e transferências bancárias indevidas e falsificava documentos, além das assinaturas dos clientes para desviar o dinheiro em proveito próprio. Ainda segundo a polícia, os valores eram depositados em contas de parentes.

Folha Banner

De acordo com o delegado Wagner Luiz de Lima, responsável pelo caso, a fraude só foi descoberta quando um cliente, ao consultar seu extrato bancário, percebeu que havia sido realizada transferências e saques em sua conta e que essas transações não teriam sido realizadas por ele. Após perceber o desfalque, o cliente denunciou o fato à Polícia Civil, que instaurou Inquérito Policial e conseguiu chegar ao autor do crime. “São muitos clientes (prejudicados) e o valor, até o momento, é este (R$ 1 milhão). Mas ainda estamos investigando e os valores podem chegar a mais”, disse o delegado, que deve ouvir nos próximos dias os clientes que foram lesados.

Ainda segundo o delegado, até o memento nada indica que houve participação de outras pessoas no desvio do dinheiro das contas dos clientes do Bradesco. Até o fechamento desta matéria, a Folha de Aracati não conseguiu contato com o advogado do acusado nem o banco Bradesco não havia se pronunciado oficialmente sobre o assunto.