Ministério da Defesa vê risco de conflitos em Fortaleza, Rio de Janeiro e São Paulo nas eleições

Uma operação nacional de Garantia de Voto e da Apuração (GVA) foi montada pelo Ministério da Defesa para assegurar o acesso dos eleitores aos locais de votação

0

Fortaleza está entre as 510 cidades apontadas pela Polícia Federal com risco de registro de conflitos no dia das eleições em função do crime organizando, segundo reportagem do jornal O Estado de São Paulo deste sábado (6), Rio de Janeiro e São Paulo também estão nessa mesma relação.

As Forças Armadas irão atuar em 510 localidades do Brasil e em 12 estados, porém a capital cearense e a capital carioca são as duas são vistas com os maiores riscos.

Folha Banner

A Polícia Federal também identificou que em São Paulo existe a possibilidade de choques diretos entre os apoiadores dos candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). Em uma escala de quatro o risco está sendo avaliado como uma escala dois.

Uma operação nacional de Garantia de Voto e da Apuração (GVA) foi montada pelo Ministério da Defesa para assegurar o acesso dos eleitores aos locais de votação e o funcionamento das seções coletoras. 30 mil homens e mulheres militares estão mobilizados. Em regime de reserva estão 4 mil.

Fonte: Tribuna do Ceará