Inovar é a palavra de ordem na CDL de Aracati

0

Desde que assumiu a presidência da Câmara de Dirigentes Lojistas de Aracati (CDL), em 2 de
janeiro de 2018, a palavra de ordem da nova diretoria, que tem à frente o empresário
Fernando Ferreira da Costa Filho, é inovar.
Entidade que reúne 110 lojas de Aracati, o grande desafio do novo presidente é ampliar os
benefícios para os lojistas associados da CDL e reforçar a marca da instituição entre os lojistas
e consumidores. “Esse é o nosso maior desafio e já demos alguns passos, como por exemplo o
lançamento um plano de telefonia da TIM para os nossos associados”, diz Fernando.
Outras inovações vêm sendo desenvolvido com sucesso e o associado já sente os resultados.
São as parcerias com instituições de ensino e saúde, por exemplo, através de convênios
firmados, entre elas a Unimed, que oferece descontos ao associado CDL. No campo da
educação, a exemplo do que já ocorre com a FVJ, Fernando já garantiu desconto de 20% na
Faculdade Pitágoras para quem é associado, funcionário e parente em primeiro grau.
Até o final do ano, a CDL pretende fazer uma de suas maiores campanhas para ajudar no
aquecimento das vendas. Para isso, Fernando corre atrás de parceiros. O objetivo é sortear um
veículo 0km e, com isso, incentivar ainda mais as vendas de fim de ano. “A gente realmente
busca inovar e fazer diferente e eu quero fazer no final do ano um sorteio bom, sortear um

Propaganda interna redes sociais

prêmio bom que seria um carro. Estou indo atrás e acredito que pelo porte da cidade a gente
tem condições sim de arranjar um carro e fazer uma grande promoção para os consumidores”,
diz.
Outra grande novidade para os clientes é o cartão CDL Mais, lançado pela entidade em
parceria com várias empresas de diversos segmentos e que serve para oferecer descontos que
variam de 10% a 50% aos consumidores. A ideia do cartão, de acordo com Fernando, surgiu
com o objetivo de fomentar as vendas no comércio da cidade. “É uma forma de atrair, mas
também beneficiar o consumidor que receberá descontos especiais tanto em produtos quanto
em serviços, ao apresentar o cartão na hora da compra”, explica o dirigente lojista.
Mudança na diretoria
Com um comércio vivendo a expectativa de boas vendas durante todo o período da Copa do
Mundo na Rússia, em junho, Fernando acredita que os últimos dois anos foram bem difíceis
não só para o comércio local, como para toda a economia brasileira. Porém, aos poucos, a
economia começa a emitir sinais positivos de recuperação
“A economia já está dando sinais positivos, a questão do desemprego já está diminuindo e eu
acredito que vai ter superávit já este ano de 2018”, diz.
Com a Copa, muitos setores da economia local serão aquecidos, pois ela agrega valor não só
aos segmentos de eletroeletrônico, mas também vestuário, bebidas e adereços, que são
acessórios temáticos, segundo Fernando. Mas para isso, Fernando está otimista e torce para
que o Brasil chegue mais longe este ano, chegando a final da competição. “Vamos torcer para
que o Brasil chegue à final, pois indo até o final da competição é mais movimento”, diz.
Com o objetivo de se adequar às novas diretrizes da Confederação Nacional dos Lojistas,
Fernando explica que o estatuto da entidade precisou passar por uma nova mudança. Desta
vez, reduziu-se o número de diretores de 14 para 7 e a entidade ainda conta mais dois
conselheiros fiscais (Júnior e a Márcia Guedes). A composição da nova diretoria da CDL ficou
assim: Presidente: Fernando Ferreira da Costa Filho, Vice-presidente: Ewerton Charles Garcia
de Souza, Diretora CDL Jovem: Maria Lidiane de Freitas Lima, Diretora Administrativa
Financeira: Flávia Marques Fontenele Lima, Diretor de Relações Institucionais e
Governamentais: Expedito Ferreira da Costa Júnior, Conselheiros: José Carlos Marcelino
Gomes, Caetano Guedes Júnior, Márcia Rocha Guedes Assunção.