Pisão de Fernandinho em treino assustou Neymar e deixou seleção em alerta

0

Neymar, enfim, voltou aos gramados para uma partida. Durante os 45 minutos finais em Liverpool, no último domingo (3), comandou a seleção, marcou um golaço e foi o protagonista da vitória brasileira sobre a Croácia no lendário estádio de Anfield. Dias antes, no entanto, um susto deixou a seleção em alerta e com medo de que tal brilho em campo não pudesse acontecer tão rápido.

– Confira a tabela completa e o calendário de jogos
– Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
– DOC: a Rússia Gay que não pode sair do armário

Durante o treino fechado da última sexta-feira, ainda no CT do Tottenham, em Londres, o volante Fernandinho deu um pisão no pé recém-lesionado do craque e gerou enorme apreensão. A atividade chegou a ficar parada por quase cinco minutos.

Neymar foi atendido rapidamente e não deu mostras de que a situação poderia ser grave. Momentos depois, o departamento médico tranquilizou a equipe.
No sábado (2), o camisa 10 treinou normalmente. No domingo, apesar da boa movimentação durante os minutos que esteve campo, não aqueceu com o time no gramado e ficou fazendo trabalho de fisioterapia até momentos antes de a bola rolar.

“Falta muita coisa. Falta melhorar ainda, porque ainda sinto alguns incômodos, o que são normais por estar muito tempo sem pisar. Mas estou voltando”, admitiu o jogador, que estimou em 80% seu atual estágio físico e técnico.

Autor da pancada involuntária que assustou Neymar e preocupou a seleção, Fernandinho já vinha defendendo a intensidade dos treinamentos às vésperas da Copa.

“Todos se dedicam ao máximo, ninguém tira o pé de dividida ou economiza esforço. É bonito. Ontem [quarta] mesmo eu estava conversando com o Danilo porque estava briga de galo, a pegada muito grande. A gente precisa deixar de lado a preocupação, de se poupar em treinamentos e jogos porque o Brasil precisa ter todos os jogadores 100%. São lesões que podem acontecer e a gente é profissional suficiente para lidar com isso”, comentou, em entrevista coletiva na última quinta-feira (31).

Fernandinho e Neymar ganharam folga nesta segunda (4), bem como o restante do grupo. A seleção volta a treinar na terça-feira (5). O atacante, mais uma vez, seguirá o protocolo de recuperação, com trabalhos específicos de fisioterapia para fortalecer o pé direito – além de participar normalmente do restante das atividades.

Após a vitória sobre a Croácia, o time volta a campo no próximo domingo (10), no amistoso final antes da Copa, contra a Áustria, em Viena. A estreia no Mundial da Rússia será no dia 17, diante da Suíça, em Rostov.